Notícias

Senado aprova reajuste salarial e professores universitários novamente não são contemplados

 

Senado Federal aprovou no dia 1º de junho a Medida Provisória (MP) 765/16, que reajusta a remuneração de várias carreiras do serviço público federal.


A MP 765/16 reajusta a remuneração de servidores públicos federais que ficaram de fora da negociação básica salarial de 2016, quando o governo ofereceu pequeno reajuste escalonado para outras carreiras do serviço público como técnicos e professores universitários.

A medida prevê o reajuste para as carreiras da Receita Federal e para cargos como os de analista tributário e auditores fiscais do trabalho; perito médico previdenciário; supervisor médico-pericial; especialista e analista de infraestrutura; diplomata; oficial de chancelaria; assistente de chancelaria; médico do plano especial de cargos da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa); médico do plano especial de cargos do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit); e policial civil dos ex-territórios.

Enquanto os professores universitários receberam apenas 10,8% estas categorias acima citadas partirão do patamar de quase 30% até 2019.

A medida também reestrutura as carreiras do serviço público. O texto segue agora para sanção presidencial.

ATENÇÃO – As informações, as fotos e os textos podem ser usados e reproduzidos, integral ou parcialmente, desde que a fonte seja devidamente citada e que não haja alteração de sentido em seus conteúdos. Crédito para textos: ASC/ADUnB. Crédito para fotos: ASC/ADUnB.

'+
1
'+
2 - 3
4 - 5
6 - 7
8 - 9
10 - 11
12 - 13
13 - 14
[x]