Notícias

Clipping 09/02/2018

Confira no link abaixo a página do Clipping ADUnB, nele você acompanha o registro dos destaques da imprensa. O material pode ser utilizado apenas para consulta sobre o tema e pode ter direitos autorais.

G1
Eunício diz que, ‘se não for agora’, reforma da Previdência pode ficar para novembro
O presidente do Senado, senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), disse nesta quinta-feira (8) que se a reforma da Previdência não for votada em fevereiro, como quer o governo, pode ficar para o mês de novembro. Segundo ele, isso não seria uma “catástrofe”.

Uol – Blog do Josias
Ninguém assume culpa por fiasco na Previdência

Agência Senado
Defesa do servidor público e críticas à Reforma da Previdência marcam primeiro debate da CDH em 2018
Os debatedores marcaram posição contrária à reforma da Previdência (PEC 287/2016) e defenderam os servidores públicos, na primeira audiência da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado (CDH), em 2018. O colegiado discutiu o relatório final da CPI da Previdência, aprovado no ano passado. A presidente da CDH, senadora Regina Sousa (PT – PI), defendeu a continuação dos debates.

 

Agência Reuters
Maia diz que se Previdência não for votada em fevereiro fica para ano que vem
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta quinta-feira que se a reforma da Previdência não for votada agora em fevereiro deve ficar para o ano que vem, ponderando que uma eventual votação em novembro dependeria do presidente da República eleito.

Câmara Notícias
Maia reafirma votação da reforma da Previdência em fevereiro; centrais sindicais pedem adiamento para 2019
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse nesta quarta-feira (7) que a data mais provável para a votação da reforma da Previdência em Plenário é 20 de fevereiro.

Presidente Maia ainda mantém diálogo sobre acúmulo de pensões e transição de servidor
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse nesta quinta-feira que continua mantendo o diálogo com diversos setores em relação a duas questões da reforma da Previdência ainda pendentes: o limite para o acúmulo de pensão e aposentadoria; e o modelo de transição para servidores públicos que ingressaram na Administração Pública antes de 2003.

Relator anuncia mudanças na reforma da Previdência; governo quer votar o texto até o fim deste mês
O líder do governo, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), disse que será feito um esforço para votar a reforma da Previdência (PEC 287/16) entre os dias 19 e 28. Se isso não ocorrer, por falta dos 308 votos necessários, o governo passará a defender a votação de outros temas de interesse do Executivo.

PSB desiste de obstrução por achar que governo não tem votos para aprovar Previdência
O PSB divulgou nesta quinta-feira (8) que o partido não vai mais fazer obstrução às sessões plenárias para inviabilizar o início da votação da reforma da Previdência. Em nota, os 32 deputados do partido avaliam que a base não tem votos para aprovar a proposta neste mês e, por isso, defendem que o texto vá a voto no calendário já anunciado – após o carnaval. A decisão foi tomada na reunião da última terça-feira (6).

ANDES
Servidores intensificam mobilização nos dias 19 e 28 contra Reforma da Previdência
Após o governo federal anunciar, por meio da imprensa, que pretende votar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/16, da Reforma da Previdência, em 28 de fevereiro, os Servidores Públicos Federais (SPFs) mantiveram a realização do Dia Nacional de Greves, Paralisações e Mobilizações em 19 de fevereiro e decidiram, também, por convocar as categorias para realizar um Dia de Paralisações contra a Reforma da Previdência, em 28 de fevereiro.

ADUnB
Presidente da ADUnB reúne-se na Embaixada da Argentina
O presidente da Associação dos Docentes da Universidade de Brasília (ADUnB), Virgílio Arraes, se reuniu nesta terça, 6 de fevereiro, com diplomatas argentinas. A reunião, realizada na própria embaixada, tratou de evento em conjunto entre as entidades sobre ciência e tecnologia.

Só instituições públicas fazem pesquisa no Brasil
A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) divulgou, no dia 17, relatório produzido pela empresa estadunidense Clarivate Analytics – ligada à multinacional Thomson Reuters – sobre a pesquisa científica no Brasil entre 2011 e 2016. Destacam-se no relatório três conclusões: praticamente só há produção de pesquisa científica em universidades públicas, há pouco impacto internacional na produção científica brasileira e apenas Petrobras e indústrias farmacêuticas realizam investimento relevante nessa área no país.

 

'+
1
'+
2 - 3
4 - 5
6 - 7
8 - 9
10 - 11
12 - 13
13 - 14
[x]